Perspectivas Sociológicas da Estratégia em Organizações

Charles Kirschbaum, de ISPER Brasil, envía el siguiente call for papers que puede ser de interés de varios de los contribuidores de estudiosdelaeconomia:

Chamada de Trabalhos para a Edição Especial Temática sobre Perspectivas Sociológicas da Estratégia em Organizações.

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO MACKENZIE – RAM. EDIÇÃO ESPECIAL.

Editores Convidados. Charles Kirschbaum (Insper); Edson Ronaldo Guarido Filho (UP)
Data Limite para Submissão de Trabalhos Científicos: 12 de junho de 2011

O desenvolvimento do campo da pesquisa em estratégia em organizações é marcado pela predominância de abordagens normativas e prescritivas, de fundamentação teórica e metodológica sustentada em perspectivas econômicas, cujos contornos se estabeleceram, em grande medida, sobre a concepção de ator racional e propositado, a lógica utilitarista e contratualista das relações interorganizacionais, e a orientação cartesiana subjacente à dicotomia entre formulação e implementação estratégica. Contudo é cada vez mais frequente a presença de insights sociológicos permeando o tratamento analítico do fenômeno da estratégia nas organizações, haja vista o interesse crescente por conceitos como os de prática social, normas sociais, valores, redes e instituições nos estudos da área.

A aproximação entre perspectivas sociológicas e o campo da estratégia é o foco da presente chamada de trabalhos. Procura-se lançar luz a espaços teóricos e conceituais que podem ser explorados na discussão do fenômeno da estratégia em organizações e que proporcionam oportunidades interpretativas que vão além do enfoque econômico. Por um lado, remete-se a questões acerca do potencial explicativo que pode ser alcançado a partir da aproximação entre sociologia e economia no estudo da estratégia. Nesse sentido, há um espaço para a teorização em favor da superação de fronteiras paradigmáticas, integrando ou dialogando o fenômeno da estratégia à luz de outros quadros de referência. Por outro, a tentativa de aproximação entre perspectivas sociológicas e o campo da estratégia remete às possibilidades e limites dessa integração disciplinar. Ambos esses aspectos traçam uma agenda de pesquisa pautada nas seguintes questões:

  • Como avançar na compreensão do fenômeno da estratégia por meio da aproximação com teorias e categorias de análise sociológica?
  • Que perspectivas analíticas de síntese ou integração, e quais seus limites e possibilidades, permitem abarcar diferentes campos do conhecimento no estudo do fenômeno da estratégia?

Diante disso, convidamos trabalhos teóricos ou teórico-empíricos, provocativos e inovadores, que possam contribuir para o avanço do conhecimento por meio da ênfase em perspectivas sociológicas de análise do fenômeno da estratégia e que vão além da fronteira tradicional delimitada pelo olhar econômico. São bem vindos artigos que se enquadrem na seguinte lista indicativa, mas não exaustiva, de subtemas:

  • Poder e estratégia nas organizações.
  • Natureza social de interesses, conteúdo, processo e recursos estratégicos.
  • Formação, organização social e difusão de abordagens e práticas estratégicas.
  • Fundamentos éticos e normativos das estratégias.
  • Estratégia como prática social.
  • Estratégia como atividade institucionalizada.
  • Legitimidade, cerimonialismo e estratégia nas organizações.
  • Posições e relacionamentos sociais na análise da estratégia.
  • Imersão social e contexto social, histórico e político da estratégia nas organizações.
  • Agência, habilidades sociais e empreendedorismo institucional nos estudos de estratégia.
  • Abordagens da estratégia como prática discursiva.
  • Cultura, simbolismo e aspectos performativos da estratégia.
  • Construção do sentido, criação do significado e ambiente construído na análise da estratégia.
  • Racionalidade e gestão estratégica.
  • Metodologias de pesquisa sociológica em estratégia.

A RAM possui diversas indexações e está classificada atualmente pela CAPES como um periódico de alto impacto, no estrato B1, na área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo, e no estrato B2, nas áreas de Sociologia e Interdisciplinar.

Instruções para submissão

Serão aceitos artigos inéditos (que não tenham sido publicados e nem estejam em avaliação em outros periódicos), nos idiomas Português, Inglês e Espanhol, frutos de pesquisas empíricas ou ensaios teóricos. A responsabilidade sobre o conteúdo dos artigos, seu ineditismo e sobre os direitos autorais respectivos é dos autores.

Os trabalhos devem obedecer às políticas editoriais e às diretrizes para autores adotados pela RAM. A avaliação dos artigos recebidos seguirá o processo de avaliação por pares, às cegas duplo. As políticas e as instruções para os autores estão disponíveis em http://www3.mackenzie.br/editora/index.php/RAM . Os artigos devem ser submetidos unicamente pela página da Revista de Administração Mackenzie para a seção “Perspectivas Sociológicas da Estratégia em Organizações”.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: